fr en es pt
astronomia
 
 
      RSS astronoo   cerca de   google+    
 
Imprimir
 Tradução automáticaTradução automática Categoria: evolução
Actualização 04 de maio de 2015
 macromolécula

Imagem : O carbono é produzido pela nucleossíntese estelar (fusão de 3 núcleos de hélio), no coração de estrelas massivas, em seguida, liberado para o espaço quando eles explodem. Nossa química, aquela que nós constitui, tem começado com uma pequena estrutura molecular construído sobre um esqueleto de carbono. Quando você vê essas pilhas de moléculas ordenadas, entendemos a dificuldade em recriar vida em laboratório. As proteínas não são estruturas vivas, e já essas macromoléculas à base de carbono, são extremamente complexas, que são formadas por aminoácidos ligados por ligações químicas. A montagem destas moléculas e a sua conformação ou seja, a ordem e a forma da estrutura tridimensional, são de grande importância porque determinam as acções muito específica da molécula, funções químicas que fazem parte de um plano de produção. Suor, éter ou baunilha são formados das mesmas moléculas (carbono, oxigênio e hidrogênio), o que os diferencia é a sua conformação.

   
  passagem do inerte ao vivo

Imagem : Síntese do longo caminho a partir do inerte ao vivo ou de primeiras partículas à consciência. A matéria se combina em aglomerados, se auto-organiza quimicamente e constantemente vai em direção a complexidade à mercê das ligações eletromagnéticas. Parece que a vida é uma forma particular da matéria, uma vez imprevisível e indefinível. Mas sua tenacidade não é a prova de que ele está presente em todo o Universo, pacientemente à espera de um ambiente favorável para continuar o seu caminho para a complexidade?
Não há nenhuma fronteira real entre inerte e vivo, a  matéria usa o Princípio de mínima ação para construir a vida. A imagem se lê entre os dois pontos de interrogação, enrolamento de baixo da esquerda à direita superior. O ponto de interrogação no canto inferior esquerdo é o big bang seguido quarks, núcleos, átomos, moléculas com aminoácidos e proteínas, albumina, células, bactérias e archaea bactérias, microrganismos, mamíferos, consciência e futuro.

Em princípio de minima quantidade de acção por a mecânica (1744), Pierre Louis Moreau de Maupertuis (1698-1759) define a acção da seguinte maneira: "A acção é proporcional ao produto da massa pela velocidade e espaço. Agora, aqui é o princípio, tão sábio, tão digno do Ser Supremo: quando qualquer mudança acontece na natureza, a quantidade de Ação usada para essa mudança é sempre tão pequeno quanto possível." Quarks são partículas elementares cobrados reagindo à força nuclear forte. Prótons e nêutrons são compostos cada umo por três quarks descobertos por um físico americano Murray Gell-Mann. No modelo padrão da física de partículas, quatro partículas elementares são, em princípio, suficientes para construir o mundo que nos rodeia: os quarks up e down, o elétron eo neutrino do elétron. Um electrão é uma partícula elementar do átomo, é um constituinte universal da matéria que tem uma carga eléctrica de sinal negativo denotado e. O elétron tem uma carga considerada indivisível, e = 1,59 x 10 -19 Coulomb e uma massa m = 9 x 10 −28 grama. Um elétron-volts, eV = 1.602 × 10−19 Joule. O conceito de uma quantidade indivisível de carga elétrica é desenvolvido a partir de 1838 pelo naturalista britânico Richard Laming (1798 − 1879). Os gregos tinham notado que o âmbar atraiu pequenos objetos quando friccionado com pêlo. A palavra grega ἤλεκτρον (électron) significa âmbar. O elétron foi a primeira partícula elementar demonstrado em muitos experimentos a partir do século XIX e início do século XX.

Ver também

     
      
 
estrelas
 
1997-2013 © Astronoo.com - Astronomia, Astrofísica, Evolução e Ciências da Terra.
Qualquer reprodução é proibida sem a permissão do autor.
Stratovolcano
Vulcões fonte de vida...
 
mammouth de sibérie
Trace de vie congelée
en Sibérie...
 
arbre de la vie
Fronteira entre inanimado
e vivo...
 
galáxia NGC1672
Estamos únicos?
 
população mundial, sempre galopante
População mundial,
sempre galopante…